Plataforma de Ensino
Riscos Ocupacionais.

Umidade Excessiva no Ambiente de Trabalho

Leia também “Adicional de Insalubridade NR 15”

Umidade Excessiva

A umidade excessiva esta presentes na Norma Regulamentadora 15 “Atividades e Operações Insalubres” no anexo 10 “Umidade”. O limite de tolerância não é definido pelo Anexo 10 assim a análise se o trabalhador tem direito a adicional de insalubridade, é pela inspeção no local de trabalho.

A umidade é um agente caracterizado pelo excesso de água no ambiente laboral, em forma líquida ou vapor. São áreas alagadas, encharcadas ou com umidades excessivas.

A umidade influencia em alguns fatores, como ao favorecer o surgimento de fungos, bactérias e microorganismos que se proliferam nos ambientes com excesso de umidade, favorecendo o aparecimento de agentes biológicos patogênicos.

A umidade também tem grande influência sobre a sensação térmica e sobre a temperatura interna do trabalhador.

A umidade relativa do ar e o Calor

A umidade relativa do ar influencia na capacidade do corpo humano de produzir e liberar suor. O suor é um dos principais mecanismos de controle térmico do ser humano. Como sabemos, quando a temperatura está elevada, suamos, e assim, expulsamos parte do calor interno ao retirar o calor da pele para o ambiente. No entanto, quanto a umidade relativa do ar está elevada, a evaporação do suor se torna difícil, assim, suamos mais na forma líquida e menos na forma de vapor. Este fato reduz a eficiência do corpo de expulsar o calor. Desta forma, a umidade relativa do ar influencia diretamente na temperatura corporal do trabalhador.

A umidade relativa do ar e o Frio

Assim como para o calor a umidade relativa do ar alta também aumenta, a capacidade do frio causar danos. Quanto mais úmido o ambiente, maior a capacidade do ar de retirar calor do corpo humano, diminuindo nossa temperatura interna. A água é 25 a 30 vezes mais condutiva de calor que o ar, significando que o trabalhador em tempo úmido pode perder de 25 a 30 vezes mais calor do corpo do que se estivesse seco.

Leia Também: Temperaturas Extremas

Riscos gerados pela exposição a umidade:

Atividades que podem gerar adicional de insalubridade Umidade

  • Lava jatos,
  • Frigoríficos,
  • Lavanderia,
  • Casas antigas com problemas de infiltração
  • Etc….

As medidas de controle são diversas, mas devemos priorizar sempre os controles permanentes, os EPI´s em alguns casos são necessários, mas muitas vezes pode-se resolver o problema de forma mais eficiente.

Por motivos como, falta do equipamento correto, treinamento e fiscalização, quanto ao uso correto do EPI impermeável, o trabalhador pode não utilizar o equipamento de forma efetiva, e assim, manter encharcados os sapatos ou suas vestimentas. Por este motivo de preferência a equipamentos de proteção coletiva

Inscreva-se em Nosso Canal do Youtube
Inscreva-se em Nosso Canal do Youtube