Blog Valor Crucial Treinamentos

MENU BLOG

ACIDENTE DO TRABALHO

O CASO DO DUBLÊ DE THE WALKING DEAD

Dublê de 'The Walking Dead' morre após sofrer queda durante gr...

Dublê de 'The Walking Dead' morre após sofrer queda durante gravações. leia: https://valorcrucial.com.br/acidente-do-trabalho.html

Publicado por Valor Crucial Treinamentos em Segurança do Trabalho em Segunda, 7 de agosto de 2017

A  namorada do dublê,Jennifer Cocker, disse ter ficado extremamente triste com a produção.

 

"Os sets precisam ser mais seguros "

"Devemos ter um pré-requisito para não colocar um profissional dublê com um ator sem experiencia, em situações de risco"
Disse ela

O acidente

 

Durante as gravações da oitava temporada de 'The Walking Dead' o dublê John Bernecker, com 10 nos de experiência, se jogou de 7 metros de altura, como planejado, porém não "acerto" a área de segurança acolchoada.

 

Como funciona a segurança do trabalho de dublês?

 

Sabemos que há profissões, como a de dublê de filmes, novelas ou séries, que os riscos existentes a sua vida são consideráveis, e por essa razão, a análise da atividade e o uso de equipamentos de segurança coletiva e individual são necessários, entretanto e infelizmente, não são em todas as cenas que se tomam os devidos cuidados.

 

Como sabemos o profissional dublê entra em ação em situações onde há riscos, ou que o ator não se sente seguro para protagonizar a cena.  Por essa razão, eles devem passar por exaustivos treinamentos para exercer a atividade de dublê, incluindo o de percepção de risco, além de ser necessário que durante todo o período de gravação haja uma equipe de profissionais especializados em segurança e saúde do trabalho no set de filmagem.

 

Essa equipe deve ser composta de Engenheiro e/ou Técnico de segurança do trabalho, bem como médicos, paramédicos e bombeiros para o caso de haver algum tipo de emergência durante a gravação de alguma cena.

 

A cena a ser gravada deve ser analisada por estes profissionais, que ficam como responsável pela elaboração de um plano de segurança com análise prévia dos riscos existentes, medidas de controle a serem aplicadas e procedimentos em caso de eventualidades, para que o ator/dublê possa executar o seu trabalho de maneira segura, sem que sua vida possa correr risco.

 

Todos os detalhes devem ser muito bem calculados para que o ator/dublê permaneça em segurança durante as filmagens, afinal de contas, os dublês confiam suas vidas nas mãos dos profissionais de segurança do trabalho.

 

E se houver falhas?

 

Infelizmente, isso é sim possível de acontecer, como no caso citado do dublê da série “The Walking Dead” e mais recentemente com a dublê de "Deadpool 2", que durante as gravações, após fazer a cena perfeitamente quatro vezes, no quinto take, ela teria pedido o controle da moto, sendo arremessada contra uma parede de vidro de um prédio próximo.

 

No caso do ator de TWD, há relatos de que o ator tentou se segurar em uma sacada ao notar que o colchão estava mal posicionado, mas ele não conseguiu se segurar direito e acabou caindo. Além disso, não havia uma equipe de resgate presente no local durante as gravações, e o socorro do ator demorou quase 20 minutos para acontecer.

 

Nesse caso, a responsabilidade é da equipe de segurança do trabalho, pois, mesmo que tenham sido realizados os devidos cálculos para dimensionamento e  posicionamento correto do colchão de segurança, no momento da atividade ele não se encontrava no local adequado.

 

Obviamente, a ausência dos profissionais de resgate também foi um fator que agravou o caso do ator, já que ele morreu no hospital.

 

Entretanto, se tivesse havido a elaboração e a execução do  plano de segurança adequado, esse acidente não teria acontecido ou suas consequências seriam menos trágicas.

A segurança do trabalho

 

A Segurança do Trabalho é uma área do conhecimento que está relacionada com a elaboração de normas e técnicas de segurança que tem o objetivo de desenvolver todo um conjunto de medidas para minimizar os acidentes de trabalho, evitar danos ocupacionais que possam causar doenças ou ainda, levar a redução da capacidade de trabalho do trabalhador.

 

A Segurança do Trabalho atua na análise dos aspectos do ambiente de trabalho no campo de intervenção que tem base em estudos de riscos ocupacionais, além de estar relacionado aos ramos da Ergonomia, da Higiene do Trabalho e da Toxicologia, no processo de abordagem clínica individual da Medicina do Trabalho no intuito de compreender melhor o mecanismo entre saúde e trabalho.

 

O que é acidente de trabalho?

 

Acidente de trabalho também pode ser definido como a ocorrência não planejada, resultando em danos à saúde ou a integridade física de trabalhadores ou indivíduos do público. Também é considerado acidente de trabalho:

 

  • Doença profissional ou do trabalho, produzida ou desencadeada, pelo exercício do trabalho.
  • Acidente típico, que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa.
  • Acidente de trajeto, que ocorre no percurso da residência para o trabalho, e do trabalho para a residência, considerando a distância e o tempo de deslocamento compatível com o trajeto percorrido.

 

Os acidentes de trabalho ocorrem devido a variações nas situações habituais de trabalho, estas variações podem ir de peças mais desgastadas devido à falta de manutenção preventiva, insônia de um operador de máquinas no dia anterior que reduz sua capacidade de concentração, falta de análise dos riscos ou falta de experiência e treinamento do trabalhador para uma nova atividade ou a demanda excessiva que pode levar o trabalhador a realizar mudanças no seu modo operante. Estas situações podem  levar a acidentes muitas vezes fatais.

 

Dessa forma, sabe-se que a prevenção dos acidentes precisa ser realizada por meio de medidas de controle como a sensibilização e treinamentos quantos aos riscos inerentes da atividade, eliminação de condições inseguras com mudanças de procedimentos, materiais e equipamentos utilizados para a atividade, a instalação de EPC´s e como última alternativa a utilização dos EPI’s.  Além disso, as tarefas precisam ser previamente avaliadas, os riscos e os padrões de trabalho identificados e todos devem ser responsáveis pela segurança e prevenção dos acidentes.

 

Um exemplo de falha na prevenção de acidente de trabalho é do dublê da série "The Walking Dead", que morreu após queda no set de filmagens. Segundo o site 'The Hollywood Reposter' as autoridades investigam o por que do local da queda não estar acolchoado e o motivo da demora para o atendimento.

 

A Importância das Medidas de Controle

 

Os Equipamentos de Proteção Coletiva – EPC, como o colchão utilizado para amortecer a queda do dublê, devem ser considerados prioridade entre as medidas de controle pois, são de grande importância, principalmente por proteger o trabalhador independente de sua ação, diferentemente do EPIs, que o trabalhador deve estar utilizando-o no momento da ocorrência e de  forma correta. A primeira vista, houve falha no dimensionamento da área de segurança.

 

Segundo a polícia local o ator caiu a centímetros do local previsto para a queda.

 

Como o próprio nome sugere, os equipamentos de proteção coletiva (EPC) dizem respeito ao coletivo, devendo proteger a todos os trabalhadores expostos a determinado risco. Como exemplos podemos citar o enclausuramento acústico de fontes de ruído, que pode fazer com que não seja necessária a utilização de EPIs  para a proteções auditivas, ou a ventilação dos locais de trabalho, que pode fazer com que não seja necessária a utilização de EPIs  para a proteção respiratória ou as proteções de partes móveis de máquinas e equipamentos, que protegem o trabalhador mesmo em um momento de distração. Os EPCs são desenvolvidos de acordo com a necessidade do ambiente de trabalho, por exemplo, em refinarias e indústrias em que o seu ciclo produtivo exija caldeira, é necessário que haja o isolamento térmico de ambientes.

 

Apesar de ser considerado a última alternativa entre as medidas de controle, muitas vezes os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), são a única alternativa e são de extrema importância na busca pela saúde e segurança do trabalhador. Os EPIs são tão importantes que possuem uma  Norma Regulamentadora, a NR6, específica legislando sobre o tema. Porém, em situações como a apresentada nas filmagens, é inviável a utilização de cinto de segurança tipo paraquedista, como preconiza aqui no Brasil a Norma Regulamentadora  10, pois interferiria na caracterização do personagem.

 

A legislação trabalhista brasileira assegura que é obrigação do empregador oferecer os EPIs adequados ao trabalho, bem como instruir e treinar quanto ao uso desses equipamentos, além de fiscalizar e exigir o uso dos EPIs por parte do empregado, e quando houver danos a um equipamento fazer sua reposição.

 

PS: Quer aprender como se antecipar aos Acidentes de Trabalho?

 

Investigue os pequenos acidentes, descubra seus motivos e evite acidentes com consequências irreversíveis.

 

CURSO DE INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO CLIQUE AQUI

 

 

Avenida do Contorno, 2905 – sala 405 / Santa Efigênia, Belo Horizonte / MG CEP: 30110–915

E-mail: contato@valorcrucial.com.br /

Whatsapp (31) 98418-7739